Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Associação Rondonense de Ciclismo pode ser declarada de utilidade pública municipal

Associação Rondonense de Ciclismo pode ser declarada de utilidade pública municipal

por Cristiano Marlon Viteck publicado 09/08/2018 10h30, última modificação 09/08/2018 10h26
Vereador Nilson Hachmann apresentou projeto de lei
Associação Rondonense de Ciclismo pode ser declarada de utilidade pública municipal

Nilson Hachmann é autor do projeto de lei

 

O vereador Nilson Hachmann apresentou esta semana o projeto de lei 24/2018, que visa declarar de utilidade pública municipal a Associação Rondonense de Ciclismo (ARC). O texto foi lido em plenário e baixado pelo vereador presidente Pedro Rauber para análise e parecer da Comissão Permanente de Justiça e Redação do Poder Legislativo.

A ARC foi fundada em 17 de julho de 2017. É uma associação sem fins lucrativos, que tem por objetivo incentivar o desenvolvimento do ciclismo amador no município, promovendo cursos e treinamentos, além de garantir incentivo e apoio logístico aos associados para participação em competições, eventos de lazer e de caráter turístico que envolvam a prática do ciclismo. Também tem a finalidade de promover e dirigir competições e eventos de lazer e fomentar o uso da bicicleta como um meio econômico, saudável e seguro para uso dos cidadãos rondonenses em suas atividades do dia-a-dia.

“Em pouco mais de um ano desde sua fundação, a Associação Rondonense de Ciclismo realizou diversas ações, atendendo sua proposta de incentivar o uso da bicicleta no município”, destaca o vereador autor do projeto de lei.

Entre outras realizações da entidade, ele enaltece a participação na organização da Semana Municipal do Ciclista e na etapa municipal do Circuito Regional de Cicloturismo da Adetur. Na edição deste ano, Marechal Cândido Rondon entrou para a história do Paraná por ter promovido o maior evento do cicloturismo do Estado, com a participação de 1.500 ciclistas.   

Além disso, ARC tem auxiliado com doações ou serviços diversas entidades, como escolas municipais, asilos, a APAE e o Centro de Recuperação Caminho da Vida.

“Por essas e outras razões julgamos importante a concessão de utilidade pública municipal à Associação Rondonense de Ciclismo”, conclui Nilson.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA